Cerejas

Silêncio

A Câmara Municipal está tratando de abolir os barulhos harmoniosos da cidade: os auto-falantes e as vitrolas. [...]
Gosto daqueles móveis melódicos e daquelas cornetas altíssonas. Fazem bem aos nervos. A gente anda, pelo centro, com os ouvidos cheios de algarismos, de cotações da bolsa de café, de câmbio, de duplicatas, de concordatas, de "cantatas", de negociatas e outras cousas chatas. De repente, passa pela porta aberta de uma dessas lojas sonoras e recebe em cheio, em plena trompa de Eustáquio, uma lufada sinfônica, repousante de sonho [...] E a gente pára um pouco nesse halo de encantado devaneio, nesse nimbo embalador de música, até que a altíssima farda azul marinho venha grasnar aquele horroroso "Faz favorrr, senhorrr!", que vem fazer a gente circular, que vem repor a gente na odiosa, geométrica, invariável realidade do Triângulo - isto é, da vida."
Urbano (Guilherme de Almeida), 1927.

31 de outubro de 2011

Pablo Castro - Projeto SONGBOOK-João Bosco

A música brasileira produziu inúmeros mestres, cada um dos quais poderia ser a referência universal em países com menos tradição e originalidade musicais. Como disse um amigo meu, um João Bosco em qualquer país do mundo seria considerado O cara. Aqui, ele " só mais um " ... mas que um ! [Terça-feira, 01/11, 21:30] eu navego em sua obra com a juda especialíssima de Paulim Sartori e D´Artagnan D'Artagnan Oliveira, com participação luxuosa de Mestre Jonas, na Travessa, bora lá. (Pablo Castro)

Série histórias de compositores - João Bosco

Inspirado no Projeto Songbook do meu grande parceiro Pablo Castro, estou iniciando uma série de postagens com histórias de compositores da música popular brasileira. Começo com esse trecho de entrevista em que João Bosco narra seu encontro com Vinícius de Moraes em Ouro Preto. Sempre chamou a atenção a receptividade da geração de Tom e Vinícius aos compositores da geração seguinte, como o próprio João Bosco, Chico, Milton, etc. Vale lembrar a estréia de João no "disco de bolso" do Pasquim, compacto simples em que a sua parceria com Aldir Blanc foi o outro lado de nada mais nada menos que a 1a. gravação de Tom para Águas de Março.

30 de outubro de 2011

Quando Mingus encontra o samba


Graças à magistral parceria de Guinga e Aldir Blanc, Mingus encontra o samba. Essa versão instrumental tem a assinatura do Marcus Tardelli, violonista de mão cheia discípulo do Guinga.

27 de outubro de 2011

Na estante agora



Genial, escancarado, "sujo", direto no estômago e na alma! Nessa autobiografia Mingus se expõe muito, e junto com ele uma sociedade e seus conflitos étnicos, políticos, econômicos, geracionais, sexuais e culturais. De forma instigante, ele constrói a narrativa na terceira pessoa, deixando o próprio corpo para tratar de si como se fosse um outro, o "seu garoto", mostrando, desde a mais tenra infância, sua luta para literalmente sair da sarjeta.


17 de outubro de 2011

Projeto Songbook, mais uma edição

Meu parceiro Pablo Castro apresenta amanhã, mais uma edição do projeto songbook, dessa vez o cantautor é o João Bosco, na Travessa (Savassi, BH) a partir das 21hs.

Música popular e colecionismo IV

Mais da série "Trabalhos de alunos", agora como uma pesquisa feita sobre entrevistas de colecionadores de discos disponíveis no YouTube.
Alguns apontamentos feitos a partir delas:

A maioria organiza a coleção mantendo mais acessível os discos que mais gostam e mais distantes por ordem alfabética os que menos gostam.

Outros organizam por gênero musical suas prateleiras.

Nas entrevistas é possível observar o mais diverso público embora predominantemente foram entrevistados pessoas de melhor estrutura financeira.

Alguns são proprietários de lojas de vinis e tem coleção pessoal.

aluno: Sanzio Caldeira do Carmo

Outubro

Inspirada na Revolução Russa, a canção Outubro de Milton Nascimento e Fernando Brant.

15 de outubro de 2011

Coleção de objetos dos Beatles em leilão...

Em função da minha participação, ontem, no programa Caleidoscópio na TV Catedral(BH) tô postando essa notícia relacionada a um assunto que não entrou muito em pauta...

12 de outubro de 2011

Música Popular e Colecionismo III - trabalhos dos alunos

Iniciando uma série de postagens baseadas nos trabalhos realizados pelos alunos, envolvendo entrevistas com colecionadores e pesquisas sobre instituições que guardam acervo musical.
"Sua relação com a música se inicia por influência do pai. Escucha mi canción e El toro y la luna são álbuns do cantor e ator espanhol nascido em 1943, Joselito, sempre ouvidos pelo pai quando Orlando ainda era criança. Há forte relação sentimental com estes discos por remetê-lo à infância e ao convívio com a família."
Ney Lúcio - Arquivologia/UFMG